Bokay

O Grande Jogo da Espionagem

De: Trepper

Sinopse

Finalmente, Leopold Trepper fala… Poucos testemunhos têm sido aguardados, durante anos, com interesse tão apaixonado.
Para a História, Leopold Trepper é o chefe da Orquestra Vermelha, uma das redes de informação mais importantes da Segunda Guerra Mundial, que contribuiu para a vitória dos Aliados de forma a que o próprio adversário reconheceu o mérito. Foi na Polónia da sua juventude que Leopold Trepper descobriu, no contacto com o proletariado da cidade industrial Dombrova, com quem partilha as lutas, a amplitude da exploração contra a qual se insurge a Revolução de Outubro. Adepto de um movimento comunista em que vê o único meio de resolver o problema das minorias judaicas nacionais, parte para a Palestina como militante. Aí confronta-se com uma nova forma de exploração: o colonialismo. Preso, expulso pelas autoridades inglesas, chega a França. No meio dos judeus imigrados, perseguidos pelos «pogroms» tzaristas e nazistas, ei-lo de novo em luta. Trepper é designado pelo Partido Comunista francês para ir completar em Moscovo a sua formação doutrinal. Passando pela Alemanha, descobre brutalmente a realidade hitleriana. Compreendendo o perigo que o ameaça, ingressa nos serviços de informação do Exército Vermelho e junta-se aos combatentes clandestinos, antes de organizar, na Bélgica e em França, uma importante rede de espionagem à máquina de guerra alemã. Em Berlim, os seus agentes trabalham em pleno coração do «Reich». É a grande aventura da Orquestra Vermelha… A Abwehr, depois o Comando especial das camadas de topo alemãs, desferem-lhe os primeiros golpes. Preso, o chefe da Orquestra Vermelha enceta com os seus adversários um «jogo de xadrez» extraordinário e consegue mistificá-los em condições que as suas Memórias, pela primeira vez, revelam o segredo.
Leopold Trepper, como a maioria dos seus camaradas de combate, pagará depois da guerra um pesado tributo às purgas stalinistas. Os seus encontros com diversas personalidades, durante os anos que passa nas prisões do regime, são recordações do maior interesse para a História, Libertado e oficialmente reabilitado, conhecerá na Polónia as perseguições de um novo governo que não lhe perdoou ter-se junto à comunidade judaica salva dos campos da morte. Foi preciso aguardar um vasto movimento de protestos para que o antigo chefe da Orquestra Vermelha, deixando a Polónia de seus pais, recupere a liberdade.

Limpar

Condição dos Exemplares Disponíveis

Características
Mínimas marcas de manuseamento. Bom estado geral. 369-VI páginas.

Sobre o livro

NÃO ENCONTRA O LIVRO QUE PRETENDE?

Faça o seu pedido aqui

Encomendar

* Sem sinal ou cartão de crédito

Não Deixe
As Oportunidades Voar

‎‏‏‎ ‎‏‏‎ Muitos dos títulos apenas têm um exemplar disponível‎‏‏‎
‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎
‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎