Bokay

História da Antiguidade (Vol. II)

De: V. Diakov e S. Kovalev

Sinopse

A Grécia
Direção – V. Diakov e S. Kovalev

O estudo da história da Grécia antiga, especialmente da sua herança cultural, desempenhou um grande papel no desenvolvimento da ciência histórica moderna. Marx e Engels, fundadores desta ciência, interessaram-se vivamente pela história da Antiguidade. Foram os primeiros a apresentar a sociedade antiga como uma sociedade esclavagista, embora pondo em relevo o seu papel progressista na história mundial. Eis aqui, portanto, os problemas essenciais da história da Antiguidade: o desenvolvimento das forças produtivas na base da exploração esclavagista, no artesanato, e sobretudo na agricultura; o carácter dessa exploração nas diferentes etapas da evolução social; o aparecimento do Estado e as suas particularidades; as causas do poderoso desenvolvimento da civilização antiga; os períodos da história da sociedade antiga em geral e da Grécia e da de Roma em especial.
Esses problemas respeitam igualmente aos pontos de estudo principais na história da antiga Grécia. As recentes descobertas arqueológicas lançam nova luz sobre a história das tribos e dos povos que habitavam o território da Grécia antiga, sobre o ambiente em que nasceu a civilização grega (de Creta e de Micenas). Depois vem o período directamente ligado à evolução da Grécia e denominado «época homérica», em que a comunidade primitiva se desagrega, enquanto que surgem os traços fundamentais da sociedade dividida em classes. O processo revolucionário da formação da sociedade esclavagista e do Estado e da constituição da Pólis (VIII-VI séculos antes da nossa era), da qual a colonização foi um momento importante, coroou essa etapa da história.
O período «clássico» (V-IV séculos antes da nossa era), em que a sociedade esclavagista e a civilização gregas chegam ao máximo do seu desenvolvimento e em que se acentuam os antagonismos próprios dessa sociedade, situa-se no centro da história da Grécia antiga. Enfim, um período muito importante e cujo papel vai aumentando na ciência histórica, é o período helenístico, no qual a história da Grécia se funde em parte com a do Oriente, e também no qual a sociedade esclavagista, toda ela, atinge o seu apogeu (III-II séculos antes da nossa era).

Este produto está esgotado e indisponível.

Condição dos Exemplares Disponíveis

Características

Sobre o livro

NÃO ENCONTRA O LIVRO QUE PRETENDE?

Faça o seu pedido aqui

Encomendar

* Sem sinal ou cartão de crédito

Não Deixe
As Oportunidades Voar

‎‏‏‎ ‎‏‏‎ Muitos dos títulos apenas têm um exemplar disponível‎‏‏‎
‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎
‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎